sexta-feira, 14 de março de 2014

para onde quer que me mude, há sempre os vizinhos absurdos....

elevador
9h da noite
eu, a minha filha e a vizinha que mora no apartamento mesmo por baixo de mim, a subir, em silêncio

Vizinha absurda quebra o gelo: É a senhora que mora no 3.2?
Eu: Sou
Vizinha Absurda: Tem uma cadela...
Eu: Tenho
Vizinha Absurda: Uma cadela que ladra
Eu: Sim, a minha cadela ainda não fala, só ladra
Vizinha Absurda acusa o toque: Mas ladra imenso
Eu, já doida: Ladra o suficiente, para não desaprender, mas tem graça, que neste prédio há pelo menos 20 cães.
Vizinha absurda visivelmente incomodada: Pois há, demasiados!
E remata, olhando para a minha filha: Há demasiados cães e demasiadas crianças, é o que é!

O elevador para no 2º andar
Ela sai

Eu, à medida que a porta do elevador se fecha: Luisinha canta lá MUITO ALTO uma musica que gostes
Ela cantou no elevador
entrou em casa a cantar e cantou aos berros, durante mais de meia hora.

Eu, só descalcei os saltos altos, quando me fui deitar.

A cadela, por acaso, nesse dia não ladrou.



4 comentários:

Joana Paredes disse...

Tu fizeste-me mesmo isso?!
Tu tens mesmo vizinhos do caraças!!! Realmente não me posso queixar dos meus!!!
Há pessoas mesmo sem vergonha nenhuma!!! Cães e crianças a mais?!

Carla disse...

Ah ah ah, lindo! beijinho Raquel, não nos deixe!! :)

Carla disse...

Ah ah ah, lindo! beijinho Raquel, não nos deixe!! :)

Este Blogue precisa de um nome disse...

ahahahahahahahahaah